Justiça Federal inocenta José Dirceu em ação da Lava Jato

O juiz federal Fábio Nunes de Martino, da 13ª Vara Federal de Curitiba, absolveu o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu em processo oriundo da Lava Jato em 2017. De acordo com a sentença publicada nesta quinta-feira, 7, o Ministério Público Federal (MPF) não apresentou provas que comprovassem a prática de lavagem de dinheiro, como acusava o MPF.

“Hoje é um dia de muita alegria! Meu pai finalmente foi inocentado em ação da Lava Jato, provando que o caminho pode ser árduo, pode demorar, mas a verdade sempre prevalece! Tenho um orgulho imenso da história que meu pai representa para o PT e para a esquerda brasileira e mundial. A sua capacidade intelectual e leitura política incomum, sua coragem e força para mudar as coisas me inspiram grandemente”, disse Zeca Dirceu, líder do PT na Câmara dos Deputados.

O processo envolvia contratos com as empreiteiras UTC e Engevix. A apresentação da denúncia coincidiu com o dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiria sobre um pedido de liberdade provisória para o ex-ministro. Embora a motivação do MPF foi interpretada como tentativa de pressionar o STF, Dirceu obteve o habeas corpus, o que permitiu que ele aguardasse em liberdade o desfecho dos recursos processuais.

O juiz também referenciou uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que, em fevereiro do mesmo ano, também descartou a condenação de Dirceu por lavagem de dinheiro.

“Viva Zé Dirceu, guerreiro do povo brasileiro e, para meu privilégio, o pai que tanto amo!”, completa Zeca Dirceu.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More