Em defesa do povo brasileiro

Zeca Dirceu

Cem dias de governo Lula é um período curto para reconstruir um país destroçado pelo governo anterior, mas mesmo assim o povo brasileiro tem que se orgulhar dos feitos e avanços superlativos já conquistados.  

O Brasil está de volta, com  diálogo entre o governo e toda a sociedade, respeito à democracia e um vasto leque de ações para a recuperação da economia, com geração de empregos e renda, defesa do meio ambiente e apoio aos setores produtivos a fim de levar o país a um novo patamar de desenvolvimento sustentável e com justiça social.


Projetos estruturantes e setoriais trazem alento à população. Temos a volta do Bolsa Família — com R$ 600 mensais, mais benefício de R$ 150 para crianças de até 6 anos —, do Minha Casa, Minha Vida e do programa Mais Médicos, que vai assegurar atendimento de saúde ampliado nas periferias e nos  municípios mais distantes do Brasil.

Foi relançado o Programa de Aquisição de Alimentos ( PAA), com o aporte de R$ 500 milhões para a compra direta de produtos da agricultura familiar, priorizando indígenas, comunidades quilombolas e tradicionais, assentados da reforma agrária e mulheres. O governo anterior programou apenas R$ 2,6 milhões para este segmento estratégico, um dos sustentáculos do projeto para garantir ao povo brasileiro alimentos fartos e de qualidade.

São 100 dias de retomada do processo civilizatório. Já no primeiro dia de governo, foi recriado o Fundo Amazônia, para financiar projetos de fiscalização e controle do desmatamento e promover a recuperação das florestas. Logo depois, iniciou-se a defesa do povo Yanomami, vítima do ex-presidente genocida.

E vieram dezenas de outras ações para colocar o Brasil, de novo, no rumo certo, tais como a retomada das campanhas de vacinação, a liberação de R$ 600 milhões para a realização de cirurgias eletivas pelo SUS, o reforço à educação e à saúde, reajuste do salário do funcionalismo público depois de seis anos de arrocho, aumento real do salário mínimo. É hora de celebrar o reinício das obras de escolas, creches, universidades públicas e institutos federais. Na educação, a PEC da Transição aumentou em R$ 12 bilhões o orçamento da área, depois de seis anos de redução e cortes.

E vem aí o Desenrola Brasil, para ajudar a reequilibrar o orçamento de mais de 70 milhões de brasileiros inadimplentes. Não bastasse isso, também teremos um gigantesco programa para retomar milhares de  obras paralisadas ou em ritmo lento de execução.

Tudo isso mostra o comprometimento do governo com o povo brasileiro, visto por setores oligárquicos apenas como massa de manobra para auferir lucros e perpetuar um sistema social injusto e desagregador. A marca simbólica alcançada no dia 10 de abril nos dá muitos motivos para comemorar.

A Bancada do PT na Câmara, no período, mas sobretudo nos últimos 70 dias, desde que assumi o cargo de líder, tem contribuído decisivamente para construir a governabilidade na Casa, com apoio às iniciativas estratégicas do governo.  Trabalhamos para fortalecer as ações de apoio à agricultura familiar, a retomada do PAA, o combate à fome. Contribuímos com o debate sobre a política econômica, denunciando as altas e antinacionais  taxas de juros do BC. Dialogamos a respeito das  propostas de Reforma Tributária e do novo Arcabouço Fiscal.

Nossa bancada manteve diálogos com os movimentos sociais, representações dos serviços públicos e dos setores produtivos. Foram 70 dias de muito trabalho coletivo, voltado à sustentação do governo do presidente Lula e em defesa dos interesses do povo brasileiro. Um Brasil melhor está em plena construção.

Zeca Dirceu é deputado federal (PT-PR) e líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More