Com Lula, Paraná recebe R$ 1,6 bilhão em 100 dias, aponta Zeca Dirceu

Foto: Divulgação

O deputado Zeca Dirceu, líder do PT na Câmara, apontou neste domingo (9) que em em seis áreas de atuação federal, o Paraná está recebendo R$ 1,6 bilhão em 100 dias do governo Lula. Este montante inclui repasses para o Bolsa Família, merenda escolar, saúde, retomada nas obras das creches e recursos para obras rodoviárias. “Neste levantamento não estão os recursos das transferências obrigatórias como FPE, FPM, IPI e Cide. E demonstra ainda que não importa o viés político do governador ou dos prefeitos, o dinheiro está chegando para áreas prioritárias como os programas sociais, educação e saúde”.

Nos 100 dias do governo Lula, os programas sociais são destaque nos repasses federais ao Paraná. Segundo Zeca Dirceu, o novo bolsa família inclui 317 mil crianças no estado e a merenda escolar teve um reajuste de 38,5%. “O Paraná recebeu R$ 400 milhões para pagamento do novo Bolsa Família e R$ 280 milhões após reajuste de 38,5% no programa voltado para a garantia de merenda escolar nas escolas”, aponta o deputado.

Bolsa Família

No estado, 317.420 crianças de zero a seis anos entraram agora no Bolsa Família e suas mães e pais já estão recebendo os benefícios. A partir de junho, o programa terá um novo adicional. Cada dependente de 7 a 18 anos e gestantes receberão R$ 50 a mais.

“Com as alterações, o valor médio do benefício no Paraná chegou a R$ 694,93 em março, recorde na história do programa para o estado. Um total de 590 mil famílias receberam os novos valores. Ao todo, R$ 402,8 milhões foram investidos nas 399 cidades paranaenses”, explica Zeca Dirceu. 

Curitiba, capital do estado, é a cidade com maior número de beneficiários. São 57.910 famílias, que recebem um valor médio de R$ 671 – um investimento de R$ 38,8 milhões. Outras cinco cidades somam mais de 14 mil beneficiários: Londrina (28.350), Foz do Iguaçu (21.840), Ponta Grossa (16.237), São José dos Pinhais (16.193) e Colombo (14.834).

Educação

Entre os estados do Sul do país, o Paraná recebeu o maior repasse para merenda escolar após o reajuste de 38,5% no Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os valores de chegam a R$ 280 milhões neste ano. “O valor repassado por aluno era de centavos e o valor inteiro da merenda era integrado pelas prefeituras. Com o reajuste, estamos avançando ao oferecer uma merenda de qualidade aos estudantes e nos próximos anos, vamos avançar mais”.

No âmbito nacional, o orçamento destinado ao PNAE saltou de R$ 4 bilhões para cerca de R$ 5,5 bilhões. O valor impacta na melhoria das refeições oferecidas de Norte a Sul para um público de cerca de 40 milhões de estudantes.

No início de março, a presidente do FNDE, Fernanda Pacobahyba, adiantou ao deputado  que o Fundo Nacional da Educação vai investir R$ 28 milhões na retomada das obras escolares paradas no Paraná. E no dia 17 de março, já foram liberados R$ 18,6 milhões para a retomada das obras, reformas e pequenos de 87 creches de 72 cidades do Paraná.

Os salários dos professores da educação básica foram reajustados em quase 15%. Bolsas de estudo, pesquisa e formação acadêmica, incluindo graduação, pós-graduação, iniciação científica e de permanência foram reajustadas em até 200%.”A educação pública que sofreu um desmonte nos últimos quatro anos está sendo retomada em todos os sentidos. O Brasil tem quatro mil obras paradas apenas entre escolas e creches. Em 100 dias, o FNDE está destinando R$ 250 mil para executar 1.236 obras escolares”.

Saúde

Outras medidas importantes para o Paraná nos primeiros 100 dias de governo Lula foram na área de Saúde. O programa Mais Médicos reservou 338 vagas para um conjunto de 151 cidades paranaenses. O estado recebeu ainda mais de R$ 32,6 milhões para acelerar a fila de cirurgias eletivas e R$ 184,3 milhões destinados a 499 entidades filantrópicas que atuam em parceria com o Sistema Único de Saúde.

Neste primeiro momento, conforme Zeca Dirceu, a saúde está atuando em quatro frentes: a campanha nacional de imunização, o que inclui a vacina contra a covid, o repasse de recursos para destravar o represamento da cirurgias eletivas e consultas especializadas, o apoio às santas casas e hospitais filantrópicos parceiros do SUS e o lançamento do programa Mais Médicos que pode chegar a 16 mil vagas com apoio das prefeituras que serão subvencionadas pelo governo federal.

“Há uma enorme desigualdade regional e o novo programa prevê uma série de incentivos para o médico atuar nos rincões do país. É nesses locais que faltam médicos em todas as áreas e especialidades. No Paraná, já foram pré-selecionadas 151 cidades e temos ainda outras cidades que defendem a inclusão na lista do Mais Médicos”, disse Zeca Dirceu.

#BrasilVoltou

Em fevereiro, o ministro Renan Filho (Transportes) adiantou ao deputado que a pasta vai dispor R$ 706 milhões para obras rodoviárias no Paraná em 2023. São R$ 305 milhões para a manutenção das rodovias, R$ 220 milhões para construção e adequação, e mais R$ 181 milhões de restos a pagar. 

No plano nacional, os primeiros 100 dias foram marcados pela retomada de programas essenciais para que o país tenha a condição de combater a fome e a miséria e de gerar oportunidades de emprego, renda e cidadania. “Essa foi a prioridade dos 100 dias, mas também foi relançado o  Minha Casa, Minha Vida voltado para moradias subsidiadas. A meta é contratar dois milhões de moradias até 2026. Ainda na infraestrutura, o governo retomou o pacto federativo e passou a equacionar com os  estados e municípios as prioridades em torno de 14 mil obras que estavam paralisadas”.

“Nos 100 dias de governo Lula, apesar de um período curto para reconstruir um país destroçado, o Brasil está de volta, com  diálogo entre o governo e toda a sociedade, respeito à democracia e um vasto leque de ações para a recuperação da economia, com geração de empregos e renda, defesa do meio ambiente e apoio aos setores produtivos a fim de levar o país a um novo patamar de desenvolvimento sustentável e com justiça social”, aponta Zeca Dirceu.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More