Obras do Paraná estão no Novo PAC, garante Zeca Dirceu

Obras paranaenses vão integrar o Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), garantiu o deputado federal Zeca Dirceu nesta terça-feira (8), após reunião de lideranças parlamentares com o ministro Rui Costa (Casa Civil) em Brasília. “O governo do presidente Lula já demonstrou que há não qualquer tipo de discriminação política ou ideológica com governadores ou estados. O Paraná está no PAC”, disse o líder do PT na Câmara dos Deputados.

Rui Costa e os deputados discutiram os detalhes do plano que será lançado nesta sexta-feira, 12, pelo presidente Lula no Rio de Janeiro. “Eu reforcei a importância das obras de infraestrutura, das obras de logística, das obras estruturantes no Paraná. Vão sair do papel e serão contempladas”, completou Zeca Dirceu.

O deputado afirmou que a lista e o cronograma da primeira etapa das obras serão divulgada na sexta-feira e adiantou que o PAC prevê R$ 1 trilhão de investimentos em quatro anos definidos em cinco prioridades: retomada de obras paralisadas, indicações de governadores, PPPs (parcerias público-privada) e concessões, investimento de estatais e bancos públicos, e obras que destravem outros investimentos.

Investimentos

Em relação ao Paraná, o deputado destacou que em sete meses, o estado recebeu mais de R$ 1 bilhão de investimentos em todas as áreas, em especial a saúde, obras rodoviárias, educação e infraestrutura. “Assim como o Novo PAC, o Paraná já está no Mais Médicos e Minha Casa Minha Vida, na retomada das obras paralisadas na educação, além dos programas sociais como Bolsa Família e o Desenrola Brasil e de apoio à agropecuária com o Plano Safra e o Pronaf”

O Novo PAC, segundo Zeca Dirceu, faz parte da estratégia de retomada de 14 mil obras paralisadas ou em ritmo lento. “É o coroamento do processo de resgate do Brasil, uma iniciativa de interesse nacional e estratégico”.

“São investimentos em projetos de logística, de geração de energia e de melhorias urbanas, em sintonia com os governos estaduais e municipais. Projetos de rodovias, portos e aeroportos e nas áreas de saúde, educação, moradia, mobilidade urbana. Obras que impulsionam o crescimento do país e ajudam no combate à pobreza”, apontou.

Zeca Dirceu diz ainda que o PAC vai retomar os investimentos públicos em áreas como transportes, energia, infraestrutura urbana, inclusão digital, infraestrutura social inclusiva e água para todos. Outras áreas como defesa, educação, ciência e tecnologia também estarão incluídas no novo programa.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More